Morte de comerciante em assalto comove Porto Ferreira: 'pessoa fantástica'
11/10/2021 10:25 em Notícias Policias

A morte da comerciante Eliete Aparecida Rosini Ferracin Munhoz, de 64 anos, durante um assalto, na noite de quinta-feira (7), comoveu os moradores de Porto Ferreira (SP). A violência do crime também assustou a cidade de 56.848 habitantes.

A vítima foi atingida com tiro no pescoço por um homem que roubou a moto de uma funcionária do comércio de açaí, na Rua Luís Gama, no Centro. A Polícia Civil investiga o crime e tenta localizar o criminoso. Uma câmera flagrou o crime.

"Era uma pessoa fantástica. Calma, amiga, mãe de família, boa esposa. O Cidão, amigo meu, sempre falou muito bem da esposa, que ela era realmente uma santa. Falou para mim que a alma dele está partida no meio", disse o comerciante Edison Fioravante, que é amigo da família e tem um comércio na mesma rua.

Investigação
A Polícia Civil passou a noite toda e a manhã desta sexta atrás de pistas para identificar o assassino. Até o momento ele e a moto roubada não foram encontrados.

O caso é investigado como latrocínio, roubo seguido de morte. "Normalmente essas motocicletas, de cilindrada de 125 a 160 cilindradas, são trocadas em ponto de venda de drogas, elas têm numeração de chassi e motor suprimidas para dificultar a identificação e são usadas em roubos", disse o delegado titular de Porto Ferreira, Eduardo Henrique Palmeira Campos.

O crime

O caso aconteceu na Rua Luís Gama, no Centro, por volta das 21h. Câmeras de segurança registraram o crime.

A entregadora que trabalha com a vítima foi abordada logo após chegar no estabelecimento que vende açaí.

A funcionária resiste, o suspeito a ameaça e faz um disparo para o alto. Em seguida, ele empurra a mulher e assume a direção da motocicleta.

Neste momento, Eliete abre o portão para ver o que está acontecendo e sai do comércio. O homem atira contra a vítima e foge logo depois. A comerciante foi socorrida, mas não resistiu.

 

TVTem

COMENTÁRIOS