Trecho do Rio Tietê onde empresário se afogou é 'inadequado para banhistas', diz bombeiro
25/10/2021 10:09 em Notícias Policias

O trecho do Rio Tietê onde o empresário Vinícius Sterzk Di Iório, de 29 anos, se afogou e foi encontrado, em Barra Bonita (SP), no sábado (23), é considerado perigoso e inadequado, segundo o Corpo de Bombeiros.

A vítima foi achada a 8 metros de profundidade e perto da lancha em que estava no dia anterior com amigos, antes de mergulhar no rio.

“A gente sabe que nem sempre é a profundeza do rio que ocasiona o afogamento. Diversos fatores podem interferir. A área é complicada e é comum recebermos chamados. É um local voltado para embarcações e para a pesca e, para piorar, a correnteza do Tietê geralmente é forte. Mas, ainda é cedo para determinar as causas, cabe agora a investigação definir o que houve no local”, conta o tenente Dante Dias Vivian, comandante do posto de bombeiros de Jaú.

Ainda de acordo com a corporação, a área onde Vinícius se afogou não somente é inadequada para banhistas como também perigosa, sendo a presença da equipe necessária quando há chamados na região.

Embora o atendimento da equipe dos bombeiros tenha começado no final da tarde de sexta (22), os mergulhadores conseguiram encontrar o corpo apenas após horas de buscas, com a conclusão somente no sábado (23) de manhã.

“No final da tarde do dia do afogamento, a equipe fez um mergulho emergencial, mas as condições já não eram favoráveis. No dia seguinte, voltamos logo pela manhã com a equipe de mergulhadores e, após cerca de duas horas, achamos o corpo”, conta o tenente.

O velório do empresário ocorreu na manhã deste domingo (24), no Velório Municipal de Dois Córregos (SP). Já o enterro foi no Cemitério Municipal da cidade, no período da tarde.

 

TVTem

COMENTÁRIOS