Asteroide quase passa despercebido e cai na terra 2 horas após ser identificado por cientistas
14/03/2022 11:27 em Ciência e Saúde

Um pequeno asteroide, de 2 metros de diâmetro, colidiu com a atmosfera terrestre na região do mar Ártico nesta sexta-feira (11). O observatório Hungaro Piszkesteto Station detectou o evento apenas 2 horas antes do impacto.

O asteroide tipo Apolo, denominado 2022EB5, entrou na atmosfera às 18:22, horário de Brasília. O impacto aconteceu a sudoeste da ilha norueguesa Jan Mayen, com velocidade de 18,5 km/s.

Segundo o astrônomo Marcelo de Cicco, integrante do projeto Impacton (Iniciativa de Mapeamento e Pesquisa de Asteroides nas Cercanias da Terra do Observatório Nacional), a explosão de entrada do asteroide na atmosfera teve um impacto semelhante a 2 a 3 Kton de TNT, ou dois pequenos mísseis nucleares tipo AIR-2 Genie.

Em comparação, uma bomba deste tipo na cidade do Rio de Janeiro causaria destruição de todas as construções a uma distância de 700 metros. No raio de 120 metros haveria vaporização instantânea.

"Contudo, um objeto como esse asteroide tem sua grande explosão a quilômetros de altura, em geral de 20 a 30 km, o que provocaria um enorme estampido sônico, fazendo tremer as janelas de casas e prédios da região logo abaixo, mas sem risco de qualquer dano físico", diz comunicado do projeto Impacton.

Ainda de acordo com de Cicco, apenas o eventual impacto de objetos com 100 metros de diâmetro ou mais poderiam causar danos mais sérios ao planeta. "Hoje, a gente já tem uma capacidade muito grande de detecção desses objetos maiores com uma antecedência boa", disse o cientista.

Possivelmente, o 2022EB5 se desintegrou na atmosfera por ser muito pequeno, mas pode ter gerado um meteorito, caso tenha se desprendido de asteroides – que são corpos celestes que orbitam o Sol, menores que planetas.

G1

COMENTÁRIOS