Hubble detecta cometa com núcleo de 130 km de diâmetro, maior já encontrado até agora
13/04/2022 12:40 em Ciência e Saúde

O telescópio Hubble, da agência espacial americana (Nasa), detectou um cometa com o maior núcleo avistado pelos astrônomos até agora. O C/2014 UN271 tem um diâmetro de aproximadamente 130 km, cerca de 50 vezes maior do que a maioria dos cometas conhecidos.

Além disso, a Nasa informou que a massa do C/2014 UN271 é de 500 trilhões de toneladas, cem mil vezes maior do que a encontrado geralmente para esses objetos espaciais. O cometa está se movimentando a uma velocidade de 35 mil km/h na borda do sistema solar.

Em 2031, o C/2014 UN271 estará a 1,6 bilhão de quilômetros de proximidade do Sol. Essa será a menor distância que a trajetória do cometa chegará da estrela do sistema solar.

"Este cometa é a ponta de um iceberg de muitos milhares de outros cometas que são muito fracos para serem vistos em partes mais distantes do nosso sistema solar", disse David Jewitt, professor de ciência planetária e astronomia da Universidade da Califórnia, em Los Angeles.

"Nós sempre suspeitamos que ele era grande, já que é tão brilhante e está a uma distância tão grande. Agora, nós confirmamos que é mesmo", completou. O Hubble é considerado o telescópio mais famoso da Nasa e está há 31 anos em órbita. Os resultados da descoberta foram publicados pela revista The Astrophysical Journal Letters.

Recordista anterior
Antes do C/2014 UN271, o cometa com o maior núcleo já detectado era o C/2002 VQ94 — diâmetro de 96 km. Ele foi descoberto em 2002 pelo projeto Lincoln Near-Earth Asteroid Research (LINEAR) uma parceria entre a Força Aérea dos Estados Unidos, a NASA e o Lincoln Laboratory do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).

 

G1

COMENTÁRIOS